Tese de Doutorado sobre Promethea, de Alan Moore e J. H. Williams III

10653648_10204530231279349_4671832947956792362_nGanhadora do TROFÉU HQMIX de Melhor Tese de Doutorado  de 2013, a mesma fala, entre outros fatores, sobre um permanente confronto entre racionalidade e imaginário e da formação de símbolos relacionados ao céu e um breve histórico desse processo. Aqui ela está disponível para download integral. Baixe as partes nos links que se seguem e boa leitura. Logo abaixo está um resumo do trabalho.

 

SUN-Promethea17p08and0901-Capa.Agradec.Sumario
02-INTRODUÇÃO
03-CAPITULO 1
04-CAPITULO 2
05-CAPÍTULO 3
06-CAPÍTULO 4
07-CONSIDERAÇÕES FINAIS
08-BIBLIOGRAFIA

RESUMO:

CAVALCANTI, Carlos Manoel de Hollanda. O reencantamento do mundo em quadrinhos: uma análise de Promethea, de Alan Moore e J. H. Williams III.  Tese (Doutorado em Artes Visuais) – Escola de Belas Artes, Universidade Federal do Rio de Janeiro, 2013.

Análise de símbolos contidos na série de histórias em quadrinhos Promethea, publicada na virada do século XX para o XXI pela editora norte-americana DC Comics, com o selo America’s Best Comics, de autoria do premiado roteirista britânico Alan Moore e do artista J. H. Williams III. A série expressa a permanência do imaginário do hermetismo nas sociedades contemporâneas. Tem-se por embasamento a teoria do imaginário, conforme Gilbert Durand, a formação das mitologias, em Mircea Eliade e Joseph Campbell e os processos históricos implicados no sincretismo daquelas representações. O percurso compreende os questionamentos acerca de ciência e pensamento mágico e uma breve imersão no estudo da Astrologia, da Kabbalah e do Tarot, de forma a contextualizar a leitura semiológica das páginas selecionadas da série que corroboram os temas inicialmente levantados. Para tanto, acrescenta-se um comentário biográfico sobre o roteirista, sua formação literária e temas recorrentes em outras de suas obras, que de um modo ou de outro são sempre voltados para assuntos correlatos. Lançada na virada do milênio, a obra refere-se também a expectativas, anseios e necessidades de seu tempo, trazendo à discussão toda uma herança das matrizes culturais do Ocidente quanto ao que é considerado sagrado e profano e quanto à chegada da chamada “Nova Era”.

ABSTRACT

Analysis of symbols contained in the comic book series Promethea, published at the turn of the 20th century to 21st by U.S. publisher DC Comics, with the seal America’s Best Comics, written by award-winning writer Alan Moore and artist J. H. Williams III. The series is an expression of the permanence of the hermetic imaginary in contemporary societies. It has embasement on Gilbert Durand’s theory of the imaginary, on the formation of mythologies, in Mircea Eliade and Joseph Campbell, and on the historical processes involved in the syncretism of those representations. The route includes questions about science and magical thinking and a brief immersion in the study of Astrology, Kabbalah and Tarot in order to contextualize the semiological reading of selected pages of the series that corroborate the issues initially raised. It adds a biographical comment about the writer, his literary background and recurring themes in his works, which in one way or another are always looking for related matters. Launched at the turn of the millennium, the work also refers to expectations, desires and needs of his time, bringing to the discussion a whole array of cultural heritage of the West as to what is considered sacred and profane as the arrival of the so called “New Age”.

9 comentários em “Tese de Doutorado sobre Promethea, de Alan Moore e J. H. Williams III

  1. Saudações, Carlos! Quem comenta é Bruno Naegeli, você coordenou a mesa na qual fiz uma comunicação sobre os blogs pró-ana, no Colóquio do Imaginário, na UFF. Conforme sua recomendação, estou lendo o cap. 1 da sua tese e está sendo de grande valia. Assim que o caos do processo de redação da minha dissertação se dissipar, irei ler sua tese na íntegra, pois o tema é muito interessante.
    Conhece o trabalho do sociólogo Michel Maffesoli? Apesar de não ter concluído a leitura do cap. 1, acredito que suas ideias são afins.
    Não sei se é do seu interesse, mas a Panini comics relançou o Books of Magic, do Neil Gaiman. Está nas bancas o primeiro volume, que diz respeito à iniciação do protagonista.
    Mais uma vez, obrigado pelo auxílio. Um abraço!

    • Oi, Bruno, satisfação em ver que a tese lhe está sendo útil.
      Quanto ao Maffesoli, ô se conheço. É muito importante em minha formação. Sim as idéias são afins. Eu só não o cito porque, como vc mesmo está vendo, a quantidade de teóricos que pode dar suporte à pesquisa já é bem grande e suficiente. Mas ele formou parte considerável de meu modo de enxergar aquelas questões antes do doutorado.
      Com toda certeza é de meu interesse o Livros de Magia do Gaiman. Aliás, no domingo eu o comprei e li vorazmente lá na Bienal do Livro. A edição relançada conta com artistas extraordinários redesenhando as histórias.
      Abraços!

  2. Parabens Prof.
    Comecei a ler mas e preciso tempo p/ entender pois é muito rico e sou bastante leiga no assunto,mas o que já li achei muito interessante.

  3. Pingback: HQ Mix | A Pilha

  4. Pingback: Impressões do Troféu HQMIX | Carlos Hollanda - Arte, Design, HQ, Ilustrar etc.

  5. Pingback: Promethea – uma filosofia em quadrinhos | Cabaré das Ideias

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s